expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Páginas

27 de jul de 2013

TUMBLR: Olhos de Amêndoa


Um tumblr lindo da Larissa Porto

"Amo os olhinhos dela, não são olhos de ressaca, mas doces demais para parar de olhar, amo-os, menos quando estão chorosos"



Gabriela B. S

10 de jul de 2013

Quando não se ama ninguém.


Quando não se ama ninguém. Você se torna mais prática, pensa melhor na vida, faz um balanço da sua situação atual. Percebe que não é o fim do mundo não ter ninguém por perto, talvez até seja, quando se tratar de algum fim apocalítico. Percebe que a vida é bem mais além de um programinha no sábado a noite. 
Há muitas coisas que você precisa dizer a si mesmo. E quando se não ama ninguém, ainda dá para fazer pipoca e assistir filme, dançar na balada, tomar sorvete, e reclamar de si mesma por não conseguir comer depressa. Dá pra sorrir sozinha, e sair na chuva. 
Quando não há ninguém para amar, a vida segue tão calma, pode ter certeza que efeitos colaterais como noites mal dormidas, e suspiros do nada, ataques de ansiedade a geladeira, não existam. Não existem muitos erros, só é um erro não curtir um dia de sol, e não ser feliz.


Gabriela. BS

5 de jul de 2013

O que vai ser daqui pra frente?


Primeiramente, isto não é um manual. Todos sentimos esta verdadeira pressão pré-vestibular, e quando mais nova eu pensei, que idiota ficar se torturando por esta bobagem, pois bem quebrei a cara por completo, e em alguns momentos me pego aflita sem saber o que vai ser daqui para frente. Penso em realizar um antigo sonho infantil, ou aquilo que tenho aptidão, ou ainda o que eu quero atualmente. Então, caro vestibulando, compartilho da mesma aflição, de escolher a profissão. Não está nada fácil, nada fácil, e olha que ainda estou no 2º ano do ensino médio, e meu curso técnico é de 4 anos, e as dúvidas são constantes, tento me convencer de que, se é para ser, será!


Gabriela Barreto de Souza