expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Páginas

12 de abr de 2013

No final é tudo brincadeira!


         Deu uma vontade de ser totalmente louca, revi toda minha literatura de vida, e pensei: será que não estou, me levando a séria demais? Não vou falar tudo que me vem a cabeça ou tomar o primeiro porre de minha vida, não, bem que a primeira opção é válida.
       Quando se tem certa idade,  você começa a pensar quando era criança, e como era chato ouvir de certos adultos, o que você fala hoje. Você para e pense que: será que a criança que eu fui, gostaria de ser quem sou hoje? 
         E nestes meus dilemas e momentos reflexivos (como eu sempre digo: momento: soco no estomâgo) é que eu lembro que eu era (sim, era, por que a versão gabriela light, entrou em em cena!) muito, mas muito chata.
     Então a dica de hoje: não leve a vida tão a sério, por que no final é tudo uma grande brincadeira.


Beijos, muchachos e muchachas
Gabi, XV

Nenhum comentário:

Postar um comentário