expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Páginas

31 de jan de 2013

Inspirando: Rihanna!


Eu gosto da Rihanna por ela ser polêmica, com certeza é daquele tipo de pessoas que sabe curtir a vida. Admiro sua linda voz, e mais ainda, seu estilo, gosto da mudança repentina de visual!....







Gabriela Barreto de Souza,
XV

SELOS e MEMES


Este post vai sair um tanto grande. Primeiro gostaria agradecer meus seguidores, e meus amigos que sempre dão uma passadinha por aqui. O blog tem exatos 1 mês e 5 dias. E eu fiquei muito feliz por ganhar um meme do blog da Tamires, e um selo da Minha Meta de Leitura, o blog da Luísa e do Gabriel. Muito obrigada mesmo!

O selo Versatile, do Minha Meta de Leitura:

As Regras: 
1. Nomear 5 blogs;
2. Adicionar o post ao blog;
3. Adicionar 7 coisas que você gosta.

5 Blogs Nomeados:

  1. Desperte e Desfrute
  2. Estou Adolescendo
  3. Querida Imaginação
  4. Books e Desenhos
  5. Na Minha Estante


5 coisas que eu gosto:

  • ler;
  • ouvir música;
  • Bob Dylan;
  • escrever textos;
  • fotografias;
  • filmes;
  • estar com amigos.


Gabriela Barreto de Souza,
XV

Não faz sentido


Eu tenho chorado muito ultimamente, e me pego envergonhada por isso. Tenho que ser forte, a durona insensível, a cética, a racional demais. Não é um drama amoroso desta vez, são lagrimas de noites perdidas, de sonhos e desejos jogados na privada, é por todas as vezes que me privei de até escutar uma música, de pensar que se eu lesse Jane Austen, estaria pecando contra meus juramentos. Lágrimas por que um dia pensei que se me privasse de tudo, para ter um "futuro" decente, eu me sentiria feliz lá na frente eu me enganei, por que felicidade de verdade é fazer algo sem culpa, é dormir tranquilamente, mesmo que não tenha gastado em roupas o dia todo. Talvez pra você que leu isso, não tem muito sentido, mas pra as pessoas próximas a mim, isso não é mera semelhança. Hoje não sei se devo prosseguir, não sei se o que digo tem sentido.




Gabriela Barreto de Souza,
XV

28 de jan de 2013

LUTO: Santa Maria


Eu me imaginei no lugar deles, eram jovens como eu. Eram sonhos, destinos, caminhos, sorrisos, eram vidas... É uma dor que estar em sua alma, você não pode esquecê-la por ela está em você. Doloroso pensar  que quando queremos nos divertir, esquecer o mundo la fora, algo acontece dentro. Não é difícil imaginar cenas estão em sua cabeça, você não esteve lá, mas consegue visualizar, no meio da dança, de mãos levantadas, de gente solta e feliz, em apenas um momento tudo isso desaparece, como a fumaça que levou as almas tão belas, almas jovens, eternas...

Gabriela Barreto de Souza,
XV

Detalhes que inspiram: Dior

Além das roupas belas que a Dior sempre apresenta, o último desfile de alta costura (que aconteceu, faz um tempinho), contou com duas coisas que eu particulamente amei: batom com cristais (uma ótima ideia pra quem curte carnaval) e o cabelo joãozinho, com uma pegada mais repicada!

 Gabriela Barreto de Souza
XV

Tema para Tatuagem!

Acho perfeitas as tatuagens relacionadas a setas, flechas e etc. Para mim representa direção e foco, um caminho. As mais minimalistas me impressionam ainda mais, é como se você, quisesse passar uma mensagem de uma forma simples e objetiva...



Gabriela Barreto de Souza
XV

22 de jan de 2013

Um pouco de moda!



Gabriela Barreto de Souza
XV

Like and Dislike


Eu realmente gosto do Bob Dylan, sério, sem fingimentos. Prefiro o super mario do que qualquer outro jogo. Gosto dos contos que vocês dizem serem infantis demais. Adoro músicas grunge e músicas clássicas. Meu livro predileto está entre a Montanha e o Rio e O Morro dos Ventos Uivantes. Gosto de botânica, e amo pássaros. Não gosto do Batman, nem do Super Homem. Ao contrário de todo mundo que assiste filme e séries logo que lançam, assisto quando não tem mais graça. Não decoro nomes das músicas e quanto mais estranho e menos conhecido for o cantor/banda eu gosto (com exceções dos clássicos). Gosto das coisas pelo prazer de gostar, e não tem nada de errado nisso. Ninguém é totalmente isento de influências, e nenhuma cultura ou estilo é desprezível. E vai um dislike para as pessoas que colocam sua cultura no centro do universo e procuram inferiorizar os demais!



Gabriela Barreto de Souza
XV

Tatoos

Estou ansiosa para ter meus 18 anos para minha primeira tattoo... Minha prediletas...






Livros ultimamente lidos!


Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll foi o último livro que terminei de ler (duas vezes seguida). Apesar de já gostar da história, dos filmes e adaptações que circulam, nunca tinha lido o original, e gostei bastante. A história é aquela que já conhecemos, de uma garota impulsiva que descobre um país de maravilhas ao cair em um buraco. A partir disso Alice se ver em diversas aventuras, absurdas, mas que são geniais, digo isso por que o autor explora a imaginação do leitor, é algo extraordinário. Meu personagem predileto é o chapeleiro maluco, acho a construção deste personagem fantástica e magnifica. 


Gabriela Barreto de Souza,
XV

18 de jan de 2013

Algo que precisamos entender!


Eu não me importo mais com seus comentários maldosos, como se eles fossem te engrandecer, como se pisar nas pessoas vão te fazer melhores que ela. Você age como o vento soprasse em apenas uma direção, como se o mundo não desse voltas, como você fosse o centro da galáxia. Você pensa que toda força aplicada sobre algo não tivesse uma reação, como se você pudesse escrever seus próprios roteiros, como se os dias bons, não fossem acabar.
Você não cresce quando faz alguém chorar, você não sobe quando pisa nelas, os ventos mudam de acordo com a estação, um dia vem após o outro e não sabemos o que irá acontecer. E sobre roteiros que criamos: de nada valem se somos incapazes de considerar que o outro precisa de nós.



Gabriela  B. de S
XV

Nada de laços...

 
Tenho medo que um passo a frente, estrague tudo que fizemos juntos. Eu amo você, sim, eu amo-o, como se meu sorriso, dependesse exclusivamente de você. Amo as suas piadas sem graça, amo o seu jeito irritado. Acho tão empolgante nossos debates, quando trocamos de calçados, quando você me faz algo inesperado... Eu fico com medo de criar poesias e histórias, por que você vai decifrar-las em um segundo. Você é meu decodificador...
Tem tantos motivos para ti amar... Mais eu ainda prefiro assim, você ai e eu aqui (prefiro a distância), a saudade dói, mas é assim que eu sei que é real. Eu amo isso, não tem nada definido, não temos obrigações, não há nada que nos prende, por isso estamos unidos!


Gabriela B. de S,
XV

As maravilhosas imagens de Acid25

Sei que são quase 400 milhões de pessoas que curtiram a pagina do Acid25 no facebook, então as chances de algum leitor desse blog está vendo este Post e curtido a página são bem prováveis. Mas eu não posso deixar de postar, sendo eu admiradora daquelas belas imagens que como o próprio criador da página
chama: "Um exercício para a mente e colírio pros seus olhos". Eis aqui as minhas prediletas:









Gabriela B. de S.
XV


17 de jan de 2013

Dica de Leitura: O desterro dos Mortos


O desterro dos Mortos é a reunião de contos sobre o olhar humano sobre a morte, de outro ponto de vista Aleílton Fonseca mostra suas impressões sobre a existência humana, confesso que chorei em um dos contos, é puramente emocionante, forte intenso, confesso que nunca olhei a morte dessa maneira, é impressionante como ele nos faz enxergar as coisas de outra forma.




Encontre ele aqui


Gabriela Barreto de Souza,
XV


16 de jan de 2013

Possibility


Dias frios, olhe em volta, o nada. Cante mais uma vez aquela nossa canção? Os pesadelos voltaram acontecer... Acordo e vejo que o outro lado da cama, está vazio... Eu não consigo viver sem isso. Me alio a dor, pois é ela que me diz que foi real, não, não me diga que é uma nova possibilidade, não é uma possibilidade quando você está longe. É tão difícil, difícil demais dizer que acabou, é como se as coisas perdessem o sentido, como se não existisse chão, estamos em um universo paralelo? Diga! Diga que sim, por que eu não quero acordar sem te ter.


Gabriela Barreto de Souza,
XV

15 de jan de 2013

Skoob: Minha descoberta!


Eu sei que pra alguns o Skoob é um site pra lá de conhecido, mas eu confesso que foi a há uns três meses que o conheci, por um site de organização, eu achei ele perfeito para organizar meus livros e as obras que queria ler, só que no começo eu achei um pouco complicado e deixei pra lá,  mas últimas semanas tenho ficada vidrada nele. Conheço pessoas que conversam sobre livros, dão dicas, e ainda te a opção de trocar ou emprestar o que é maravilhoso, não?

 A opção mais legal que encontrei (trocas), apesar de não ter usado ainda, mas achei maravilhosa a ideia, e conversando com uma gúria que eu encontrei lá no Skoob, ela já realizou várias trocas e achou bem legal. Para quem não quer trocar, tem como você emprestar!




Beijo

Gabriela B. de S.
XV

14 de jan de 2013

Dica: Visitem o blog "Vida Organizada!"


 Aprendi que para ter uma vida saudável, a organização faz parte. Ser uma pessoa organizada é uma luta minha diária, estou seguindo a regra dos 10 minutinhos: Coloque no alarme do seu despertador ou celular, para tocar em 10 minutos, enquanto isso tente arrumar calmamente o que puder no seu quarto, quando o alarme soar, pare! Você verá o quanto arrumou. Aprendi isso e muitas outras coisas no Vida Organizada, o blog da Thais Godinho,  dá várias dicas e acaba com seu argumento de ser bagunceiro. É inspirador!..


Gabriela Barreto de Souza
XV

"Linha tênue"

Me apaixonei por este texto da Júlia, a autora do blog Desperte e Desfrute.

Entre o bem e o mal a linha é tênue, meu bem

Entre o amor e o ódio a linha é tênue, também

"Não porque guardo rancor sobre algo, mas por que sei que ela é muito melhor que eu, em tudo."



Pra falar a verdade, eu sempre fui muito dramática, sempre fui de fazer tudo ao pé da letra. E ela não. Ela era como aquelas meninas que não tem nada de bom pra oferecer, mas que gracejam coisas aleatórias. Não que eu tenha algo de bom pra oferecer. De mim só saem palavras obscenas, manias chatas e versos despudorados. Mas pelo menos eu tenho metas, traço objetivos, mesmo que sejam meio descabidos. Mas ela não faz absolutamente nada. É um montinho de qualquer coisa jogado em algum canto, e tem sempre alguém que varre ela de um lado pra outro.
Eu nunca vi ela decidir nada na vida. Ela nunca quis o que eu queria. Mas ela sempre teve.
É incrível o tamanho da diferença e da semelhança entre nós. Não temos nada em comum. Nos odiamos de uma forma cordial. Mas sentimos pena uma da outra. Por que querendo ou não, ela era meu suporte e eu o dela.
Não que um dia pudéssemos ser amigas. Nos repreendemos bastante pra isso. Mas sinceramente, nunca podemos falar que fomos inimigas. É uma espécie de conjunto e ruptura rápida, um corte que sara rápido. O bastante pra você não sofrer. Como se fosse um suporte distante. Cada um no seu caminho. Somos amigas e inimigas. Estávamos no mesmo barco, mas cada um com seu próprio remo.


Julia Siqueira


Beedroom!

Dizem que o lugar que deve ser mais aconchegante de um lar é o quarto, concordo plenamente. É o local que mais tem nossa cara, que choramos, rimos, comemos, bagunçamos e entre outras coisas, o nosso refúgio de alguns metros quadrados, como amo ideias para decoração trouxe aqui algumas que eu acho bárbaras e super legais.



Gabriela Barreto de Souza,
XV

13 de jan de 2013

Apenas poesia...


Um paraíso negro, um túnel sem fim,você tenta se mover em vão, está soterrada por palavras brandas, que engessam aquele velha leveza de antes, leveza da alma. Jogue as palavras no ar, são pesadas demais para voarem, não? Então lembre daquele tempo em que tudo fluía, e que elas eram leves, como penas... Lembre-se do tempo em que era apenas poesia, poesia, só poesia...



Gabriela B. S
XV

O que vejo através das lentes

Além de ler, escrever, desenhar, cantar, inventar moda e suspirar por aí, a fotografia é uma das coisas que gosto de fazer, nada a serio, até por que minha câmera não é nem semi-profissional mas dá pra fazer umas fotos (no meu ver) bacanas. Gosto de fotografar as coisas ao redor, viagens, objetos, paisagem e etc, tudo que me cerca, tudo que vejo através das lentes.







Gabriela Barreto de Souza
XV